Global Point of Care

Teste de TCA no Point of Care (sala de cirurgias cardiovasculares)

Os benefícios da implementação do i-STAT System na sala de cirurgias cardiovasculares no Hospital de Augsburg, na Alemanha.

Determinações rápidas e precisas do tempo de coagulação ativado (TCA) são essenciais durante a cirurgia com circulação extracorpórea (CEC) para monitorar o grau de anticoagulação induzida pela heparina. Um TCA impreciso coloca os pacientes em risco de trombose e hemorragia e pode prejudicar o circuito extracorpóreo.

Este documento técnico descreve a justificativa por trás da implementação do i-STAT System no Hospital de Augsburg, onde os testes mecânicos de TCA foram usados por muitos anos. Os dados, coletados no local, são descritos comparando a precisão do sistema i-STAT com o dispositivo de teste de TCA mecânico e tradicional.

Surgical Care
JUSTIFICATIVA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO i-STAT

Objetivo:

Melhorar a eficiência

Aperfeiçoamento

A precisão do i-STAT permitiu que os médicos tivessem confiança nos resultados. Testes repetidos no dispositivo de comparação adicionaram mais 17 minutos em 7% das amostras.

Objetivo:

Redução da carga de trabalho do Controle de Qualidade

Melhorias

  • Sem interrupção de testes para testes de Controle de Qualidade
  • Controle de Qualidade do i-STAT System facilmente personalizável para estar em conformidade com o sistema RiliBAk
  • Resultados de Controle de Qualidade enviados diretamente ao sistema de TI, criando documentação e verificação sem papel

Objetivo:

Conectividade de TI

Conformidade

Integração total ao sistema de TI do Hospital de Augsburg

Resultados da comparação de dados

  • Das amostras duplicadas TESTADAS NA FAIXA TERAPÊUTICA (<450 s), 15% (8) das duplicatas apresentaram uma diferença de >50 s EM RELAÇÃO A referência, em oposição a 3% (1) das duplicatas i-STAT
  • Em 7% das duplicatas no dispositivo de comparação, uma das medidas duplicadas ficou fora da faixa (>1.000 s), enquanto a outra ficou dentro da faixa. Isso não ocorreu no i-STAT System
  • A diferença média entre as duplicatas i-STAT foi de 26,3 segundos, 30% melhor que a diferença média de 37,4 segundos para o dispositivo de comparação

Veja o estudo de caso completo