Global Point of Care

O i-STAT SYSTEM AJUDA O CENTRO DE CUIDADOS DE URGÊNCIA DE ROCHDALE A TRIAR OS PACIENTES DE FORMA RÁPIDA

O Centro de Cuidados de Urgência de Rochdale (UCC), parte do Pennine Acute Hospitals, fornece serviços não emergenciais para cerca de 240.000 residentes nas comunidades de Heywood, Middleton e Rochdale e em partes de Lancashire. O UCC trata em média de 4.200 a 4.800 pacientes por mês. Liderado por uma equipe de seis pessoas, ele fornece cuidado clínico e apoio eficientes aos pacientes idosos e frágeis, com dores no peito e doenças subjacentes. O UCC está aberto 24 horas para as pessoas com doenças ou ferimentos leves e para aqueles que precisam de tratamento urgente. Ele oferece instalações para avaliação que são um apoio essencial para a comunidade local. O UCC de Rochdale tem usado o i-STAT System, um dispositivo de diagnóstico no ponto de atendimento (POC), para oferecer apoio às instalações de pacientes desde que se tornou um UCC, quando o serviço de laboratório foi removido do local em Rochdale. 

Tech-views-heart-monitor
iStat Rochdale Icons

O DESAFIO

O desafio para este UCC movimentado foi como obter os resultados dos exames de sangue dentro das 4 horas de permanência recomendadas pelo NHS para que pudesse tomar decisões diagnósticas mais bem informadas rapidamente e permanecer focado em fornecer um atendimento de qualidade aos pacientes.

Antes da implementação dos testes no ponto de atendimento e do i-STAT System, as amostras de sangue eram transportadas para o Royal Oldham Hospital, localizado a onze kilômetros do UCC. O pessoal usou um dos dois métodos para levar uma amostra de sangue ao hospital; o serviço de transporte hospitalar local, que funciona entre 8h e 20h ou para amostras mais urgentes ou para resultados fora do horário de expediente, um serviço de táxi local, que cobra um mínimo de £8 por viagem, e leva pelo menos 18 minutos porta a porta, o que é um desafio em relação ao tempo. 

iStat Rochdale Icons

A SOLUÇÃO

Usando o i-STAT System, a equipe pode triar os pacientes com uma variedade de sintomas de forma mais eficaz e eficiente e atender às recomendações do NHS em relação à disposição oportuna dos pacientes.

A equipe no UCC utiliza o i -STAT System para medir a ureia, eletrólitos e troponina nos pacientes que apresentam dores no peito, lesões renais agudas, imobilizações dos membros inferiores, pneumonia, hipercalemia e hemorragias gastrointestinais. Os testes do i-STAT System analisa a capacidade de função renal do paciente, marcadores cardíacos e eletrólitos que ajudam a obter um diagnóstico rápido. O i-STAT System também ajuda no atendimento de pacientes idosos e frágeis que necessitam de intervenções intravenosas, bem como os pacientes com risco de arritmias. 

Igualmente importante, após ser concluído o treinamento, o i-STAT System pode ser usado por muitos níveis de prestadores de serviços de saúde, tais como enfermeiros de prática avançada, enfermeiros e assistentes de saúde, liberando outros funcionários para passar um tempo mais valioso atendendo ao paciente.

O pessoal do UCC de Rochdale utiliza vários percursos clínicos para avaliar os pacientes. Esses percursos são compartilhados entre os hospitais dentro do Pennine Acute Trust. Isso assegura a consistência em toda a rede de saúde mais ampla e ajuda a promover um atendimento ao paciente mais organizado e melhor baseado em evidências. O uso do i-STAT System ajuda a avaliar com precisão os pacientes que "entram sem agendamento" ou são encaminhados dos consultórios de cuidado geral e permite a padronização do processo de atendimento e melhora a qualidade do atendimento prestado.

*Os resultados mostrados aqui são específicos desta instituição de saúde e podem diferir daqueles obtidos por outras instituições.

case study 1

ESTUDO DE CASO 1

Uma mulher de 78 anos com doença renal crônica e resultado de um exame de potássio elevado. O i-STAT System com o cartucho CHEM8+ forneceu um resultado de potássio em aproximadamente 2 minutos. Os resultados do i-STAT System voltaram com a confirmação de potássio elevado de 6,8 mmol/L. A paciente recebeu imediatamente cálcio intravenoso como agente cardioprotetor e começou uma infusão de insulina e dextrose. O uso do i-STAT System fez com que a paciente e o pessoal não esperassem várias horas para receber um resultado de sangue de um laboratório remoto e não houve atraso no tratamento da paciente em uma condição médica urgente.

case study 2

ESTUDO DE CASO 2

Um homem de 45 anos, previamente saudável, apresentava suores noturnos, febre, fadiga e calafrios. Após avaliação clínica, o paciente foi diagnosticado com pneumonia. O i-STAT System foi usado para determinar que o paciente tinha uma pneumonia grave usando o sistema de pontuação CURB-65. O paciente foi tratado com antibióticos intravenosos e transferido para a Unidade de Avaliação Clínica do Hospital para a continuação de seu tratamento. Sem o uso do i-STAT, a administração de antibióticos teria sido adiada, com a saúde do paciente sendo ainda mais afetada, com consequências potencialmente fatais.

O RESULTADO

A incorporação do cartucho i-STAT CHEM8+ e dos testes de troponina (cTnI) no início do tratamento do paciente ajudou o UCC de Rochdale a transformar a prestação de cuidados. Ele permite tomar decisões diagnósticas informadas sobre seus pacientes, sem ter que esperar um mínimo de 60 a 90 minutos pelos resultados do laboratório.